Cães esperam por morador de rua na porta do hospital

12/12/18 - 12h13

Cães esperam por morador de rua na porta do hospital Foto: Reprodução

Uma funcionária do Hospital Alto Vale postou algo que é rotina, mas que nesse momento de tensão merece mais espaço de destaque.

No mesmo dia em que várias ONG’s faziam protestos pela cadela “Manchinha” que foi espancada até à morte em uma loja da rede Carrefour, chega até nós mais um exemplo de como os animais são fiéis aos seus donos, sem qualquer discriminação.

Uma funcionária do Hospital Alto Vale postou algo que é rotina, mas que nesse momento de tensão merece mais espaço de destaque.

Ana Cristina Mamfrim estava no Hospital quando durante a madrugada um paciente entra na unidade para receber atendimento. Se trata de um morador de rua que vem acompanhado por uma quadrilha de fiéis companheiros. Tudo, porque enquanto seu dono estava recebendo atendimento, eles ficaram ali na recepção do Hospital aguardando por ele ansiosos.

Uma demonstração de amor que é em tudo recíproca, porque mais tarde o senhor confidenciou com Ana, que por vezes deixa de comer, para que seus companheiros não passem fome, alguém que com nada tem muito, muito amor para dar e para receber… amor descomplicado, simples e acima de tudo… puro e incondicional.